Escritor Janeiro 2011

Ir em baixo

Escritor Janeiro 2011

Mensagem por téefernandes em Ter Dez 14, 2010 8:34 pm

Queres ser o escritor do mês de Janeiro? [foi alterado do mês de dezembro, pra janeiro]
Então inscreve-te e habilita-te a ganhares prémios.
Basta colocares o teu nome e o texto com que queres participar.


Prémios:
1º Lugar: Taça de 1º Lugar;
2º Lugar: Taça de 2º Ligar;
3º Lugar: Taça de 3º Lugar.

Prémio de Participação: 100 moedas.


Inscrições até 15 de Janeiro


Última edição por téefernandes em Seg Jan 10, 2011 2:59 pm, editado 2 vez(es)
avatar
téefernandes
Administradora
Administradora


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritor Janeiro 2011

Mensagem por barbie. em Sex Dez 17, 2010 5:44 pm

Sara.

Dizer-te tudo o que quero, hoje já não faz qualquer tipo de sentido. Sonhar com algo que já não existe, é absurdo. Dizer-te que "gosto de ti", é completamente ridículo. Sabes aquela altura em que olhas para trás e pensas " será que tudo faz sentido?" e sentes aquele pontapé na barriga ou aquele momento melancólico em que sem te aperceberes aquela pequena, simples e inocente lágrima te vai percorrendo o rosto como se fosse a última, a mais marcante de todas. Seria inocência minha se hoje te dissesse que o simples facto de saber que fui importante na tua vida me faz sorrir, sentir que tudo fez sentido num certo e determinado momento. Hoje pedir-te para que tudo voltasse atrás, é ser demasiado parva. Porque hoje não passas de uma boa e má fase da minha vida, de um sonho, de um desespero, de um lindo momento, de um simples vício que não querem mais em mim. Foi bom, muito bom e sim, sinto imenso a tua falta, mas hoje a única hipótese é parar, é desistir dos sonhos feitos e das promessas quebradas. É seguir em frente, e fingir que nada aconteceu. Porque foste (e és) mais do que imaginas, eterno e verdadeiro homem da minha vida.
avatar
barbie.
Aprendiz
Aprendiz


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritor Janeiro 2011

Mensagem por ritandrade em Sex Dez 24, 2010 9:33 pm

ritandrade.

O ano está a acabar, são os últimos dias. A contagem decrescente para um novo ano, e para muitos, uma nova vida. Uma vida com mais amor, com mais entrega, com mais carinho, com mais paixão, com vontade de fazer mais, com novos sonhos, com novas metas, com novos objectivos. É seguir a vida, sem nunca olhar para trás. Um ano como este não se repete, e temos de fazer mais e melhor do que fizemos. Temos de saber combater o impossível, temos de saber fazer as escolhas certas, escolher as pessoas certas, os sítios certos, e passar os momentos certos. Rir a quantidade de vezes que se quer, chorar as vezes que se precisar e ser feliz a vida toda. Temos de suportar o sofrimento, a angústia, o desespero, a raiva que vamos sentir, mas a vida é assim mesmo .. nem sempre é feita de momentos felizes. Vamos perder pessoas, conhecer outras, deixar sonhos fugirem, e alcançar metas. Vamos ligar em privado só para gozar, vamos ser gozados, vamos tremer de frio e suar de calor. Vamos discutir e abraçar. Vamos fazer viagens, vamos mergulhar num mar distante, vamos ver as folhas do Outono cair, vamos ver as montanhas gelarem, vamos apreciar um belo Sol de Primavera, e vamos também suportar as temperaturas tórridas do Verão. Vamos ter recordações, memórias, que jamais serão vividas de novo, mas nunca esquecidas. Vamos saborear o chocolate quente à noite, vamos sentir emoções, vamos cantar bem alto uma música que ouvimos na rádio e minutos depois iremos estar a cantar a mesma música, como se estivesse agarrada a nós, como se a conhecessemos desde sempre. Vamos combater, cantar, dançar, sorrir, lutar, vencer e aprender. Vamos sonhar, acarinhar, e fazer desta nova vida, uma vida inesquecível. E, acima de tudo, « vamos viver como se morressemos amanhã, e aprender como se vivessemos para sempre. »
avatar
ritandrade
Adepto
Adepto


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritor Janeiro 2011

Mensagem por joaninha em Qui Dez 30, 2010 10:41 pm

Quero escrever para ti, porque desde que me agarraste nunca mais me largaste. Quero-te dizer que és o melhor amigo que se pode ter. Erras, mas admites. Bates o pé, mas vens atrás na mesma. Dás na cabeça, mas apoias-me em tudo. Obrigado meu amor. Um valente obrigado. Por vires de Odivelas á minha casa acordar-me, para eu não chegar atrasada. Por me amares, com todas as qualidades e todos os defeitos que eu tenho. Por me compreenderes, mesmo que a minha situação não tenha compreensão possivel. Obrigado por seres quem és, e nunca mudes. Assim aseguro-me, que não me irei arrepender de te ter conhecido, nunca, nunca ! És grande, e conta comigo para tudo o que precisares. Bons ou maus momentos. Para rir, ou para chorar. Faz da minha mão a tua. A minha casa a tua. O meu coração o teu. Usa e abusa, mas não vás embora, nem nunca digas adeus. Não deixes de me abraçar, de me dar beijinhos na testa, de dizer que sou horrorosa quando acordo, nem de me trocar o nome de propósito. Não deixes as nossas mocas irem embora, nem deixes de cantar comigo, sempre que me apetecer. Amo-te, chega ? Leandro Reis @

Joana
avatar
joaninha
Adepto
Adepto


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritor Janeiro 2011

Mensagem por téefernandes em Seg Jan 10, 2011 3:00 pm

Por vários motivos o mês do concurso foi mudado para Janeiro e o prazo de inscrições foi alargado.
As inscrições anteriores continuam aceites.
Se mais alguém quiser poder inscrever-se cumprindo as datas.


Cumprimentos,
téefernandes
avatar
téefernandes
Administradora
Administradora


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritor Janeiro 2011

Mensagem por Ellê em Seg Jan 10, 2011 6:04 pm




Ellê
avatar
Ellê
Avançado
Avançado


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritor Janeiro 2011

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum